Nokia suspende investimento em site de mídia

terça-feira, 12 de maio de 2009 16:09 BRT
 

Por Tarmo Virki

HELSINQUE (Reuters) - A Nokia, maior fabricante mundial de celulares, anunciou nesta terça-feira que vai suspender os investimentos em sua primeira grande empreitada nos serviços de Internet, como parte da reformulação de sua estratégia de serviços.

"O Ovi Share... deve manter seu estado atual", anunciou um porta-voz da empresa, acrescentando que a Nokia manteria o serviço em funcionamento.

A Nokia criou o serviço --que era visto como uma das bases de sua estratégia de serviços de Internet-- ao adquirir a companhia norte-americana Twango, em 2007, e o abriu ao público no Mobile World Congress de fevereiro de 2008.

"Parece que isso representa uma admissão de fracasso, o que é saudável, a essa altura", disse Tero Kuittinen, analista da GC Research.

A Nokia ainda não revelou dados sobre o uso, mas os analistas dizem que ele continua baixo devido aos atrativos de sites já estabelecidos de troca de arquivos de mídia, como o Facebook ou o Flickr, do Yahoo.

"Eles definitivamente precisam colaborar com o Facebook, em lugar de tentar substituí-lo. O mesmo se aplica ao Twitter e ao Flickr", disse Kuittinen.

Para enfrentar a queda na demanda por serviços de telefonia, a Nokia está criando uma nova divisão de negócios que englobará serviços de Internet como jogos online e mapas, mas anunciou em 28 de abril que reduziria os planos de investimento adicional devido à desaceleração, e concentraria seus esforços na combinação desses serviços em um único veículo de distribuição.

A Nokia, que anunciou seu primeiro prejuízo trimestral anterior aos impostos no trimestre janeiro-março, devido à queda na demanda por celulares, está em meio a um programa vigoroso de corte de custos, com 3,5 mil demissões até o momento.

As ações da empresa fecharam em queda de 2,8 por cento, cotadas a 10,28 euros em Helsinque, ante queda de 0,9 por cento no índice europeu de tecnologia DJ Stoxx.