Astronautas tiram telescópio Hubble de órbita

quarta-feira, 13 de maio de 2009 18:13 BRT
 

Por Irene Klotz

HOUSTON (Reuters) - Os astronautas do ônibus espacial Atlantis retiraram na quarta-feira o telescópio Hubble da órbita terrestre e o colocaram no módulo de cargas da nave para uma protelada revisão técnica.

O comandante Scott Altman deixou a Atlantis a apenas 10 metros do telescópio, enquanto seu colega Megan McArthur usava o braço robótico do ônibus para capturar o Hubble, às 14h14 (hora de Brasília), sobrevoando a Austrália.

"Houston, Atlantis. O Hubble chegou a bordo do Atlantis", comunicou Altman por rádio ao centro de controle.

A quarta e última manutenção da Nasa no Hubble ocorreu em 2002 e deveria ser repetida dois anos depois, mas foi adiada devido ao acidente com o ônibus Columbia, em 2003.

A missão só foi feita agora porque surgiu um plano de emergência para resgatar os astronautas com um outro ônibus, caso o Atlantis sofra algum dano durante a viagem que o impeça de voltar à Terra. O ônibus está longe demais da Estação Espacial Internacional para que os tripulantes possam eventualmente se abrigar por lá.

Mas o Atlantis não sofreu danos consideráveis na decolagem de segunda-feira. Quatro arranhões nas placas antitérmicas da asa direita, descobertos numa inspeção na terça-feira, não são considerados um perigo.

A Nasa disse que não planeja outras inspeções na nave, liberando os sete tripulantes para se dedicarem aos consertos no Hubble.

Três dos cinco instrumentos científicos do telescópio estão quebrados, e ele está usando seu último conjunto de giroscópios para posicionamento, um computador reserva para formatar os dados transmitidos para a Terra e baterias fabricadas há 19 anos, que só fornecem metade da sua carga original.

Os astronautas devem sair ao espaço em cinco dias consecutivos, a partir de quinta-feira, para equipar o Hubble com novos recursos e consertar duas de suas câmeras. Os operadores do telescópio também esperam ressuscitar uma câmera de infravermelho depois que o telescópio for novamente colocado em órbita.

 
<p>Telesc&oacute;pio Hubble atracado ao bra&ccedil;o mec&acirc;nico do &ocirc;nibus espacial Hubble visto do espa&ccedil;o em imagem da Nasa TV. Astronautas far&atilde;o cinco caminhadas espaciais para reparar o telesc&oacute;pio. REUTERS/NASA TV</p>