Spielberg diz fazer videogames para manter sua família contente

quinta-feira, 14 de maio de 2009 16:02 BRT
 

Por John Gaudiosi

RALEIGH, Carolina do Norte (Reuters) - O premiado cineasta Steven Spielberg estava tão frustrado por não encontrar videogames que atendessem à necessidade de seus sete filhos que decidiu fazer o que só um mestre do entretenimento poderia: criar seu próprio jogo.

"Boom Blox" foi o primeiro título da série que Spielberg produziu por acordo com a distribuidora de videogames Electronic Arts (EA), e vendeu perto de um milhão de cópias desde que foi lançado, para o Wii da Nintendo, em maio de 2008.

Em 19 de maio, a EA lançará o segundo jogo de Spielberg, "Boom Blox Bash Party".

Spielberg, que diz jogar praticamente todos os jogos que são lançados, é um grande fã do console Wii e de seus controladores dotados de sensores de movimento, que envolvem interatividade física.

"Vem sendo muito, muito bom, para um pai como eu que deseja que seus filhos não sejam sedentários, mas que saiam por aí, se mexam mais", disse Spielberg, que trabalhou em estreito contato com a equipe no estúdio da Los Angeles da EA, para desenvolver ambos os jogos.

Spielberg diz que "Boom Blox" se originou da idéia de usar um controlador de Wii para derrubar alguma coisa, como nos tradicionais jogos de bloquinhos de construção.

No mais recente título, até quatro jogadores enfrentam diversos desafios em até 400 níveis, em locais tão diversos quanto o espaço exterior e o fundo do mar, onde podem criar conteúdo a seu gosto e distribui-lo a outros jogadores online.

"Você pode se tornar um criador em sua casa", disse Spielberg. "Pode se tornar um participante e um ativista. É uma maneira realmente maravilhosa de permitir que os jogadores dividam suas ideias com o mundo e nos ofereçam ideias melhores para o nosso futuro e para a próxima geração de jogos, para além de Bash Party", disse ele.

Com o apoio criativo de Spielberg, a EA pretende manter essa série de jogos para a família apesar das críticas negativas que o "Boom Blox" original recebeu de parte da imprensa especializada quando do lançamento, especialmente depois que as vendas iniciais não se provaram muito fortes.

 
<p>Foto de arquivo do diretor Spielberg e sua esposa Kate Capshaw na Casa Branca em Washington. 09/05/2009. REUTERS/Mike Theiler</p>