Konica Minolta deve expandir oferta de filmes para painéis LCD

quinta-feira, 14 de maio de 2009 17:00 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - A japonesa Konica Minolta Holdings informou nesta quinta-feira seus planos para expandir sua série de filmes high-tech para painéis de LCD, em uma tentativa de ampliar sua base consumidora.

A Konica Minolta afirmou que começaria a produção de filmes de triacetil celulose (TAC) para painéis que usam tecnologia IPS, que empresas como a Panasonic Corp usam em seus painéis LCD. Ela não informou quando começaria a produzir o novo tipo de filme.

Atualmente, a empresa oferece filme TAC para painéis de tecnologia VA, usada pela Sharp Corp, Sony Corp e Samsung Electronics Co em suas televisões LCD.

Filmes TAC, que protegem a placa de polarização usada em painéis LCD, têm sido um motor de crescimento para a Konica Minolta até a queda de demanda por TVs LCD no ano passado devido à crise econômica.

O diretor-executivo da Konica Minolta, Masatoshi Matsuzaki, também afirmou em entrevista coletiva nesta quinta-feira que a empresa está pensando em oferecer células solares orgânicas.

Células solares orgânicas são dobráveis e custam menos para produzir do que as células solares de silicone atualmente dominantes no mercado. Estas células são fabricadas por empresas como a Sharp e a alemã Q-Cells.

As vendas de células solares, que convertem energia solar em eletricidade, podem crescer fortemente uma vez que preocupações sobre mudanças climáticas impulsionem demanda por fontes de energia renováveis.

"Precisamos desenvolver os tipos de produtos que irão dirigir nosso crescimento pelos próximos cinco, 10 e 20 anos," disse Matsuzaki.

A Konica Minolta afirma que espera que seus lucros operacionais caiam 20 por cento para 45 bilhões de ienes (471 milhões de dólares) no atual ano financeiro, que termina em março de 2010, uma vez que a crise global estende o ciclo de substituição de máquinas copiadoras e impressoras em suas empresas-clientes.   Continuação...