Oi coloca "viés de baixa" no plano de investimento para 2009

sexta-feira, 15 de maio de 2009 12:17 BRT
 

Por Taís Fuoco

SÃO PAULO (Reuters) - A Oi, que em janeiro comprou o controle da rival Brasil Telecom colocou um "viés de baixa" nos planos de investimento para 2009, segundo informações fornecidas nesta sexta-feira a analistas.

O diretor de finanças e relações com investidores, Alex Zornig, afirmou, em teleconferência, que a companhia reitera os planos de aplicar entre 5 bilhões e 6 bilhões de reais este ano, "com viés de baixa para os 5 bilhões, não porque estamos deixando de investir, mas porque as negociações com os fornecedores estão muito boas", explicou o executivo.

Segundo ele, "a empresa cresceu e ganhou um poder de barganha maior", disse Zornig.

O resultado da companhia no primeiro trimestre foi afetado pelo endividamento para comprar a Brasil Telecom, mas o executivo explicou que a dívida ainda não atingiu seu pico.

A dívida líquida consolidada atingiu 19,2 bilhões de reais em março, com o acréscimo de 9,4 bilhões de reais sobre dezembro de 2008, mas "o pico da dívida virá depois de pagar os dividendos", o que deve acontecer entre o terceiro e o quarto trimestre.

Este ano, por conta dos investimentos para completar a operação em São Paulo, ingressar na região da Brasil Telecom e absorver a estrutura da companhia, a expectativa de Zornig é que as margens fiquem estáveis. No primeiro trimestre, a margem Ebitda foi de 32,9 por cento, já ajustada com os resultados da Brasil Telecom.

3G EM SÃO PAULO

A Oi informou ter conquistado até o momento perto de 3 milhões de clientes no Estado de São Paulo, onde ingressou no ano passado. A meta para o final do ano é chegar aos 5 milhões, disse Zornig.   Continuação...