Samsung aposta em televisores LCD apesar da crise

segunda-feira, 18 de maio de 2009 10:41 BRT
 

Por Marie-France Han e Rhee So-eui

SEUL (Reuters) - A Samsung Electronics, maior marca mundial de televisores, quer superar o crescimento geral no mercado de TVs de telas planas este ano, graças em parte aos seus modelos LED recém-lançados, disse um importante executivo do grupo.

"O ano de 2009 não será fácil, mas planejamos manter a liderança do mercado com novos produtos como os televisores LED", disse Sue Shim, vice-presidente sênior de vendas e marketing na divisão Visual Displays da Samsung. "Nossa fatia de mercado vai crescer."

A Samsung, que também é a maior fabricante mundial de chips de memória e a segunda maior fabricante mundial de celulares, tinha 19 por cento do mercado mundial de televisores com telas de cristal líquido (LCD), no primeiro trimestre.

"A desaceleração no mercado não parece tão severa quanto o esperado e conseguimos superar o crescimento do mercado (no primeiro trimestre)", disse Shim durante o Reuters Global Technology Summit, em Seul.

Uma porta-voz da empresa, que vem sendo cautelosa quanto às perspectivas de todos os seus negócios, afirmou que a Samsung mantém meta de vendas de televisores LCD em 22 milhões de unidades em 2009, 10 por cento acima do total de 2008.

O objetivo fica abaixo da projeção de 15 por cento de crescimento no mercado mundial de TVs LCD feita pela DisplaySearch, mas a Samsung se esforçará por ampliar seu crescimento e expandir fatia mundial de mercado, de acordo com Shim.

Ele afirmou que a Samsung tinha diversos conjuntos de metas, entre os quais um cenário otimista, mas se recusou a oferecer detalhes.

A Samsung concorre com japonesa Sony, com a rival sul-coreana LG Electronics e com a marca Vizio, da Amtran.

Graças aos preços baixos e a consumidores ávidos por substituir televisores de tubos de raios catódicos, o segmento de TVs de telas planas se saiu bem apesar da desaceleração na economia mundial, que solapou a demanda dos consumidores pela maior parte de outros tipos de eletrônicos.

"As pessoas estão abrindo mão de restaurantes e viagens, em meio à crise", disse Shim. Em lugar disso, se concentram em atividades em suas casas.

 
<p>TVs LCD e plasma da Samsung s&atilde;o exibidos em feira de Cingapura. A Samsung Electronics, maior marca mundial de televisores, quer superar o crescimento geral no mercado de de telas planas este ano, gra&ccedil;as em parte aos seus modelos LED rec&eacute;m-lan&ccedil;ados.</p>