Diretor financeiro da IBM vê melhora nas margens este ano

terça-feira, 19 de maio de 2009 17:30 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A IBM deve ampliar suas margens de rentabilidade neste ano e apresentar novos produtos, apesar do ambiente econômico complicado, afirmou seu vice-presidente financeiro Mark Loughridge nesta terça-feira.

"Nós continuaremos a ver boas elevações nas margens", disse Loughridge durante o Reuters Global Technology Summit em Nova York.

Ele acrescentou que acredita que a IBM pode aumentar sua margem operacional antes dos impostos para mais de 20 por cento nos próximos anos.

Loughridge afirmou que a economia permanece complicada e que é muito cedo para dizer se houveram sinais de uma recuperação ampla.

Ele reiterou que a previsão dos lucros da IBM em 2009 de 9,20 dólares por ação pode, sim, ser alcançado mesmo se a receita cair 7 por cento em moedas constantes.

Analistas em Wall Street, na média, esperam que a empresa relate um lucro anual de 9,12 dólares por ação. Loughridge disse que espera que estas estimativas aumentem.

"Se você olha para os 9,20 dólares, é um número mínimo. É engraçado quantas vezes as pessoas veem isso e dizem 'Essa é a previsão.' Essa não é a previsão", disse Loughridge.

A IBM, maior empresa de serviços de tecnologia e fabricante número um de mainframes, tem ficado para trás de empresas como a Google Inc e a Amazon.com Inc na oferta de produtos de cloud-computing.

Cloud-computing, ou computação baseada em nuvem, usa tecnologias da Internet para permitir que empresas e consumidores tenham acesso a computadores e informações em centros de dados de grande escala remotamente, o que possibilita ganhos de escala.

O executivo informou que a IBM planeja lançar novos produtos de computação em nuvem, incluindo um pacote de hardware, software e serviços para grandes corporações, mas preferiu não adiantar detalhes. Segundo ele, a empresa dará mais informações sobre eles em junho.

(Reportagem de Ritsuko Ando, Jim Finkle e Alexei Oreskovic)