Console da Tectoy voltado a emergentes chega ao varejo do Brasil

segunda-feira, 25 de maio de 2009 16:44 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O console de videogames Zeebo da Tectoy, desenvolvido para mercados emergentes, começa a ser vendido esta semana em redes varejistas do Rio de Janeiro.

A fabricante também celebrou uma parceria com a operadora Claro para utilizar sua rede de terceira geração nos downloads dos jogos.

Segundo a Tectoy, "em breve" o console chega a outras regiões do Brasil e ainda este ano a outros países emergentes, segundo comunicado à imprensa.

Uma peculiaridade do equipamento é que os jogos ficam armazenados na memória do console e podem ser baixados a partir de downloads feitos pela rede ZeeboNet 3G, construída sobre a infra-estrutura da Claro.

Segundo a Tectoy, o jogador não precisa usar um modem especial, ter acesso à banda larga ou pagar qualquer mensalidade, já que o console, assim que ligado, se conecta à rede de celular.

O preço sugerido do console é de 499,00 reais e, nesta fase de lançamento, inclui três jogos na memória (FIFA 2009, Need For Speed Carbon e Treino Cerebral, todos em português) e outros três (Prey Evil, Quake I e II) disponíveis para download gratuito, segundo a companhia.

Para comprar outros dos nove títulos que serão oferecidos a partir do lançamento, o usuário pode adquirir Z-Credits, moeda virtual comprada através do próprio console e pagos com cartão de crédito, boleto bancário ou débito em conta corrente. O preço dos jogos varia de 9,90 a 29,90 reais.

A Tectoy divulgou o Zeebo no Brasil em novembro passado, quando estimou que o console chegasse às lojas brasileiras em março deste ano.

O equipamento foi desenvolvido pela Zeebo Inc., na qual a Tectoy detém participação majoritária.

(Reportagem de Taís Fuoco, Edição de Alberto Alerigi Jr.)