May 27, 2009 / 4:41 PM / 8 years ago

Nokia mantém cautela sobre expectativa para mercado de celulares

2 Min, DE LEITURA

NOVA YORK (Reuters) - O vice-presidente financeiro da Nokia, Richard Simonson, disse nesta quarta-feira ser muito cedo para afirmar se a demanda por aparelhos celulares chegou ao fundo do poço.

"É realmente muito cedo para concluir que a demanda dos consumidores chegou ao fundo do poço ou como irá melhorar ou quando isso vai acontecer", disse o executivo em apresentação a investidores transmitida via Internet.

A maior fabricante mundial de celulares mantém a previsão de que as vendas de aparelhos no segundo trimestre fique estável ou levemente acima do primeiro trimestre. De acordo com Simonson, a economia parece inalterada desde abril.

O executivo disse ainda que a Nokia continuará a executar seus planos de cortes de custos mesmo se a economia mostrar sinais de melhora.

A Nokia, que teve no primeiro trimestre deste ano seu primeiro prejuízo antes de impostos, está reduzindo os custos anuais na sua importante unidade de aparelhos celulares em mais de 700 milhões de euros (974,25 milhões de dólares), em meio ao declínio da demanda.

As expectativas apontam para um encolhimento de 10 por cento nas vendas globais de telefones móveis neste ano, com consumidores gastando menos e fabricantes de aparelhos tentando se desfazer de estoques.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below