Rússia abre investigação contra Microsoft por prática antitruste

quinta-feira, 4 de junho de 2009 16:05 BRT
 

MOSCOU/AMSTERDÃ (Reuters) - A agência que regula a concorrência na Rússia abriu uma investigação contra a Microsoft devido a cortes no fornecimento do sistema operacional Windows XP no país.

A agência afirmou acreditar que a Microsoft tenha infringido leis antitruste ao cortar a distribuição do Windows XP na Rússia, seja do produto isoladamente ou pré-instalado em PCs, bem como em suas políticas de preços.

"Análises de mercado de uma série de sistemas operacionais mostram que a mudança para o novo sistema operacional Windows Vista ocorre enquanto ainda há demanda pelo antigo sistema operacional, o Windows XP", informou a agência russa.

"A demanda por versões tanto independentes quanto pré-instaladas do Windows XP também é confirmada por varejistas e pelo número de encomendas feitas pelo governo."

O caso será avaliado em 24 de julho.

A sede da Microsoft em Moscou afirmou não ter recebido qualquer demanda oficial do órgão antitruste.

"Nós sempre respondemos em completo às dúvidas antitruste e pretendemos continuar essa prática no futuro", disse a porta-voz da Microsoft Marina Levina por telefone.

(Reportagem de Maria Kiselyova em Moscou e Reed Stevenson em Amsterdã)