Canadá diz que não irá regular transmissões de rádio e TV online

quinta-feira, 4 de junho de 2009 19:47 BRT
 

TORONTO (Reuters) - O órgão regulador do setor de telecomunicações do Canadá deve continuar não regulando osserviços de radiodifusão na Internet e por celulares, anunciou a agência nesta quinta-feira.

A comissão canadense de rádio-televisão e telecomunicações afirmou que decidiu continuar isentando a radiodifusão das chamadas "novas mídias" de sua regulação, em parte devido às preocupações de que uma mudança de postura impediria a inovação.

"Percebemos que a Internet e os serviços móveis atuam de forma complementar ao sistema de radiodifusão tradicional", afirmou o presidente da comissão, Konrad von Finckenstein, em um comunicado. "Qualquer intervenção de nossa parte seria apenas um obstáculo para a inovação".

A comissão também diz que não foram apresentadas a ela provas convincentes de que um apoio maior seria necessário para criar e exibir conteúdo de áudio e vídeo canadense online.

O crescente uso da Internet de alta velocidade e de smartphones como o BlackBerry, da Research In Motion, e o iPhone, da Apple, significa que cada vez mais pessoas recebem transmissões de áudio e vídeo por meio de outras mídias além do aparelho de televisão ou do rádio.

Os usuários podem facilmente assistir a programas de televisão pelo celular ou a eventos esportivos ao vivo na tela do computador. Suas emissoras de rádio preferidas estão facilmente disponíveis online também.

Mas a comissão canadense reconhece que as tendências da Web continuam a evoluir e prevê rever sua atitude em relação às novas mídias nos próximos cinco anos.

(Reportagem de Wojtek Dabrowski)