Vendas de sistema de armazenagem caem 18% no 1o tri, diz IDC

sexta-feira, 5 de junho de 2009 11:06 BRT
 

SEATTLE, Estados Unidos (Reuters) - As vendas de sistemas de armazenagem em disco, tecnologia responsável pela maior parte da informação digital do mundo, caíram 18 por cento nos primeiros três meses deste ano, prejudicadas por cortes profundos nos gastos com tecnologia, afirma a empresa de pesquisa IDC.

As líderes de mercado Hewlett-Packard, EMC, IBM e Dell juntas viram declínios de dois dígitos nas vendas totais de sistemas de armazenagem em disco diante da contenção de gastos de clientes empresariais com tecnologia.

A queda segue um recuo ainda mais acentuado nas vendas de servidores no primeiro trimestre, de 24 por cento, acrescentou a IDC no mês passado.

A Hewlett-Packard foi a mais atingida, com uma queda de 25,8 por cento nas vendas totais de discos de armazenagem no primeiro trimestre, para 975 milhões de dólares, contra 1,3 bilhão de dólares um ano antes. Em comparação, as vendas da EMC recuaram 16 por cento, enquanto as da IBM despencaram 21,7 por cento e da Dell 17,2 por cento.

A Hewlett-Packard perdeu participação de mercado para concorrentes, mas manteve liderança com uma fatia de 17,4 por cento. Em segundo lugar, ficou a EMC com 15,5 por cento, seguida pela IBM com 14,4 por cento e a Dell com 11,7 por cento.

"Os fabricantes de sistemas de armazenagem em disco realmente estão vendo o impacto do declínio econômico global nas receitas do primeiro trimestre", disse Steve Scully, gerente de pesquisa da IDC. "Nós provavelmente não veremos nenhum retorno significativo no segundo trimestre de 2009", acrescentou ele.

A IDC observou que apesar das receitas terem caído, a capacidade geral dos discos de armazenagem exportados no primeiro trimestre foi de 2,146 petabytes, 14,8 por cento superior frente ao ano passado, sugerindo que a demanda ainda está crescendo.