Microsoft vê margem de lucro menor com oferta de serviços online

sexta-feira, 5 de junho de 2009 17:39 BRT
 

PALO ALTO (Reuters) - O arquiteto-chefe de softwares da Microsoft, Ray Ozzie, disse que o lucro do negócio de fornecimento de serviços online --algo conhecido, de maneira geral, como "cloud computing"-- provavelmente irá gerar uma margem mais baixa que a da área de softwares da empresa.

"As margens sobre serviços não são iguais às margens sobre softwares, então (cloud computing) irá aumentar nosso lucro e nossa receita, mas não terá o mesmo efeito na margem", afirmou Ozzie na quinta-feira durante um evento de tecnologia em Palo Alto, no Vale do Silício.

Ozzie é o encarregado pela estratégia técnica de longo prazo da Microsoft desde que o co-fundador da companhia Bill Gates anunciou sua retirada do dia-a-dia da empresa há três anos.

Até agora, a Microsoft tem tomado apenas alguns passos experimentais na área de "cloud computing", mas a companhia vem investindo em centros de dados para abrigar informações de clientes e, no final do ano, deve revelar sua nova plataforma Azure.

(Reportagem de Clare Baldwin)