Maioria das empresas desconhece mudanças nos domínios da Web

terça-feira, 9 de junho de 2009 10:30 BRT
 

Por Paul Sandle

LONDRES (Reuters) - Dois terços das empresas desconhecem que poderão usar seus nomes em lugar de extensões como .com, .org ou .net, quando os domínio de Internet forem liberalizados, no ano que vem, de acordo com uma pesquisa.

A mudança permitiria que empresas como a Nike ou a Microsoft controlassem seus próprios domínios e explorassem melhor as suas marcas, e também combatessem os invasores virtuais que usam variações dos nomes das marcas com as cerca de 280 extensões de domínio existentes.

A Internet Corporation for Assigned Names and Numbers (ICANN), que fiscaliza o sistema de domínio, deve começar a aceitar pedidos para novos domínios de primeiro nível no começo do ano que vem, de acordo com a Future Laboratory, que conduziu a pesquisa.

Mas a mudança não atraiu a atenção da maioria das empresas, constatou a pesquisa conduzida para a Gandi.net.

"(As empresas) em geral parece ignorar completamente que essa mudança está chegando", disse White. "A mudança ainda não chegou ao conhecimento geral das empresas ou dos consumidores."

"No entanto, as empresas cientes da mudança consideram que a perspectiva seja bastante animadora", disse.

O preço de 185 mil dólares inicialmente limitará os pedidos apenas às maiores empresas e organizações, disse Tom Savigar, diretor de estratégia e percepção na Future Laboratory.

A ICANN estima receber entre 300 e 500 pedidos ao abrir suas portas para essas solicitações, no primeiro trimestre do ano que vem, disse ele.   Continuação...