Maior fabricante global de monitores aposta em PCs "nettop"

quarta-feira, 10 de junho de 2009 13:59 BRT
 

Por Doug Young

HONG KONG (Reuters) - A maior fabricante de monitores para PCs do mundo, TPV Technology, anunciou nesta quarta-feira que está desenvolvendo um computador de baixo custo tudo em um otimizado para acesso à Internet. A companhia tenta replicar com o produto o sucesso dos laptops compactos conhecidos como "netbooks".

A aposta é importante para a TPV uma vez que a companhia busca novas fontes de receitas para manter crescimento em um mercado de PCs de mesa deprimido pela crise econômica e pela preferência cada vez maior dos consumidores por notebooks.

Os novos modelos, que a TPV apelidou de "nettops", combinam computador e monitor em um único bloco, similar ao iMac, da Apple, e outros produtos similares disponíveis no mercado.

Mas diferente desses produtos, que normalmente custam mais de 1.000 cada, os nettops serão vendidos por entre 400 e 600 dólares, disse Jason Hsuan, presidente-executivo da TPV. Alguns modelos poderão, eventualmente, serem vendidos por 300 dólares, acrescentou.

A TPV está trabalhando com fabricantes menores de PCs para desenvolver as novas máquinas, mas Hsuan não quis identificar com quais empresas está trabalhando.

Os computadores, com telas de cerca de 20 polegadas, devem chegar ap mercado no terceiro ou quarto trimestre.

"Depois de dois a três anos, eles vão se tornar a força motriz de nosso crescimento futuro", afirmou o executivo.

A TPV fechou o primeiro trimestre com participação de 27,4 por cento no mercado de monitores, à frente da Innolux Display, com 21,2 por cento, e da Samsung Electronics, com 15,6 por cento.

Entretanto, a TVP projetou vendas globais de monitores recuando 8 por cento este ano e apresentando nova redução em 2010.

A Asustek também lançou um PC tudo em um de baixo custo, chamado de Eee Top, com preço sugerido de 550 dólares, que tem apresentado crescimento lento de vendas em comparação aos netbooks da empresa.