Vendas de games nos EUA ficam abaixo de US$ 1 bilhão em maio

sexta-feira, 12 de junho de 2009 10:49 BRT
 

LOS ANGELES (Reuters) - As vendas de videogames nos Estados Unidos caíram 23 por cento em maio, para 863 milhões de dólares, informou o grupo de pesquisa NPD, e ficaram abaixo do limiar de 1 bilhão de dólares pela primeira vez desde agosto de 2007, em função da queda do consumo e da guerra de preços entre os fabricantes de hardware.

No ano até maio, as vendas de videogames --que a NPD computa incluindo hardware, software e acessórios-- caíram em sete por cento ante o mesmo período no ano anterior, para 6,1 bilhões de dólares.

Entre os fabricantes de hardware, a Nintendo uma vez mais esteve na liderança, com a venda de 633,5 mil de seus aparelhos portáteis "DS" e 289,5 mil de seus consoles Wii, o que a deixou bem à frente da Microsoft, cujo Xbox 360 vendeu 175 mil unidades em maio.

"Maio é tipicamente um dos meses mais fracos em termos de geração de receita pelo setor, não importa o ano", disse a analista Anita Frazier, da NPD.

O declínio das vendas em termos de valor foi exacerbado por um declínio no preço médio por unidade de quase todas as categorias, no varejo.

"Os 10 jogos mais vendidos do mês registraram vendas combinadas de 2,6 milhões de unidades, enquanto no mesmo mês em 2008 esse grupo registrou vendas de 3,7 milhões de unidades. Isso mais uma vez demonstra como a comparação é desfavorável com relação ao ano passado", afirmou.

Os números de maio também sofreram porque o mês foi forte no ano passado, depois do lançamento de dois grandes sucessos, "Grand Theft Auto" e "Mario Kart", em abril.

Analistas acreditam que o setor de videogames deva se manter relativamente forte em meio à desaceleração econômica, porque os consumidores em crise procurarão por formas mais baratas de entretenimento caseiro.