UE tem reação dividida sobre planos da Microsoft para navegador

sexta-feira, 12 de junho de 2009 16:37 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - A Comissão Europeia afirmou na quinta-feira que a medida da Microsoft de comercializar sua nova versão do sistema operacional Windows na Europa sem o software de navegação Internet Explorer pode prejudicar a escolha do consumidor, mas beneficiar os fabricantes de computadores.

" ... A Comissão sugeriu à Microsoft que consumidores tenham a possibilidade de escolha de navegador de Internet", disse a Comissão, que deve tomar uma decisão sobre acusações contra a Microsoft de práticas anticoncorrenciais, em nota à imprensa.

"Ao invés disso, a Microsoft aparentemente decidiu fornecer aos consumidores de varejo uma versão do Windows sem nenhum navegador. Ao invés de mais escolha, a Microsoft parece ter escolhido oferecer menos."

"Já para os fabricantes de computadores, a proposta da Microsoft pode, potencialmente, ser mais positiva", acrescentou a Comissão, observando que os fabricantes teriam a escolha de instalar o Internet Explorer ou outro navegador em seus computadores novos.

(Reportagem de Mark John)