Pais do celular e do e-mail ganham prêmio Príncipe de Astúrias

quarta-feira, 17 de junho de 2009 08:27 BRT
 

MADRI (Reuters) - O criador do telefone celular, Martin Cooper, e Raymond Samuel Tomlinson, "pai" do e-mail, foram laureados nesta quarta-feira por unanimidade com o Príncipe de Astúrias de Investigação Científica e Técnica, informou o júri do prêmio.

"Estes dois achados se encontram entre as maiores inovações tecnológicas do nosso tempo, revolucionando a maneira de se comunicar de milhares de milhões de pessoas em todo o mundo e contribuindo de maneira decisiva ao avanço do conhecimento", disse o júri em sua ata de concessão.

Trata-se do 5o de oito prêmios Príncipe de Astúrias que se concedem cada ano para destacar o trabalho científico, técnico, cultural, social e humano realizado por pessoas, equipes de trabalho ou instituições em âmbito internacional.

Os prêmios, que presenteiam cada um com 50 mil euros e uma escultura de Joan Miró, serão entregues durante o outono espanhol em Oviedo em uma solene cerimônia presidida pelos Príncipes de Astúrias.

(Reportagem de Blanca Rodríguez)

 
<p>Martin Cooper segura uma r&eacute;plica do 1o celular em feira nos EUA. Ele &eacute; creditado como o primeiro a ter feito uma chamada telef&ocirc;nica p&uacute;blica em um celular, em 3 de abril de 1973.</p>