Encomenda de equipamento para produção de chips cresce no Japão

quarta-feira, 17 de junho de 2009 11:15 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - As encomendas de equipamentos japoneses para fabricação de chips aumentaram pelo terceiro mês consecutivo em maio, sugerindo que as condições do mercado de semicondutores podem estar se estabilizando.

No sinal mais recente de recuperação, as encomendas por ferramentas utilizadas na produção de microchips subiram 22 por cento em maio frente ao mês anterior, para 31,4 bilhões de ienes (326 milhões de dólares), mostraram cálculos baseados em dados da indústria nesta quarta-feira.

Mas as encomendas ainda acumulam declínio de 65 por cento em relação ao ano passado.

A proporção média entre encomendas e vendas nos últimos três meses permaneceu em 0,66 em maio, segundo dados preliminares da Associação de Equipamentos Semicondutores do Japão, o que significa que para cada 100 ienes de vendas, as fabricantes de chips fizeram novas encomendas no valor de 66 ienes.

A leitura fica acima do desempenho de abril, de 0,44, mas ainda é inferior ao patamar de 1,00, no qual as encomendas superam as vendas, sinalizando uma recuperação em meses subsequentes.

Cálculos baseados nos dados mostraram que o declínio das encomendas anuais foi 2,8 pontos percentuais menor em maio sobre abril, no terceiro mês seguido de melhora.

Mesmo que a crise econômica global force participantes menores a pedir insolvência ou a levantar capital, as gigantes como a Samsung Electronics e a Intel estão buscando novos equipamentos para ultrapassar os concorrentes quando a tão esperada recuperação surgir na segunda metade do ano.