MySpace cortará dois terços da força de trabalho internacional

terça-feira, 23 de junho de 2009 09:05 BRT
 

(Reuters) - O MySpace, rede social pertencente ao conglomerado de mídia News Corp informou que planeja cortar cerca de dois terços de sua força de trabalho internacional e fechar pelo menos quatro escritórios fora dos Estados Unidos. A operação brasileira do site está dentro das regiões que estão sob avaliação.

A medida surge uma semana após a companhia ter dito que reduzirá em 30 por cento todo o quadro de funcionários.

Aproximadamente metade da base total de usuários do MySpace está fora dos Estados Unidos. A rede social concorrente Facebook tem mais que o dobro de membros do MySpace, segundo a empresa de pesquisa de mercado comScore.

O plano de reestruturação será aplicado a todas as divisões internacionais do MySpace, reduzindo a força de trabalho internacional de 450 para cerca de 150.

Com o plano, o MySpace colocará todos os escritórios existentes na Argentina, Brasil, Canadá, França, Índia, Itália, México, Rússia, Suécia e Espanha sob revisão para possível reestruturação.

Informações publicadas pela imprensa do Brasil afirmam que a operação brasileira será fechada. Representantes da companhia no país não estavam imediatamente disponíveis para comentar o assunto.

Até a conclusão do plano, Londres, Berlim e Sydney se tornarão os principais centros regionais para as operações internacionais do MySpace.