Microsoft vai cortar preços do Windows 7

quinta-feira, 25 de junho de 2009 12:13 BRT
 

SEATTLE, Estados Unidos (Reuters) - A Microsoft está prestes a vender a versão básica do novo sistema operacional Windows 7 por um preço 8 por cento menor do que versão comparável do Vista.

A companhia, cujos anúncios recentes promovem computadores de baixo preço contra as opções mais caras da Apple, informou que o novo sistema estará disponível a preços ainda mais baixos por um curto período, à medida que pretende incentivar migrações antes da temporada de compras de fim de ano.

O novo sistema operacional, que a Microsoft espera que será melhor recebido do que o Vista, será lançado em 22 de outubro. Haverá pré-vendas em lojas norte-americanas como a Best Buy, Amazon.com e o próprio site da companhia a partir desta sexta-feira.

A Microsoft informou ainda que venderá a versão Home Premium do Windows 7 por 49,99 dólares de sexta-feira até 11 de julho nos Estados Unidos.

Depois de 11 de julho, o preço da pré-venda será de 119,99 dólares, 8 por cento menos que o preço atual de 129,99 dólares da versão comparável do Vista, que custava 159,99 dólares no lançamento no início de 2007.

A atualização para a versão Professional do Windows 7, voltada a pequenas empresas que usam vários computadores, começará a ser vendida até 11 de julho por 99,99 dólares e depois a 199,99 dólares, mesmo preço da versão do Vista.

 
<p>Presidente da Microsoft, Steve Ballmer, promove Windows 7 na Consumer Electronics Show em Las Vegas.</p>