China Telecom negocia com a RIM para vender BlackBerry

sexta-feira, 26 de junho de 2009 16:20 BRT
 

HONG KONG (Reuters) - A China Telecom, uma das três maiores operadoras de celular da China, afirmou nesta sexta-feira ter abordado a Research in Motion (RIM) sobre a possibilidade de oferecer o BlackBerry e seu popular serviço de email móvel no país.

"As duas empresas tiveram seus primeiros contatos preliminares", afirmou o porta-voz da China Telecom, sem dar mais detalhes.

Já uma porta-voz da RIM não comentou o assunto.

A China Mobile, que domina o mercado de telefonia celular na China, com mais de dois terços do mercado, tem vendido BlackBerries no país desde 2006, mas não promoveu o serviço.

Outra importante operadora da China, a Unicom, que também já anunciou estar em negociações com a RIM para oferecer os serviços do BlackBerry. Mas uma porta-voz da empresa não pôde confirmar se as negociações ainda estão em andamento.

"Vemos uma possível parceria entre a China Telecom e a BlackBerry como algo positivo, mas não é nada que irá mudar o jogo", disse a analista Helen Zhu, do Goldman Sachs.

A analista apontou que a China Mobile já oferece o serviço BlackBerry na China, e que o produto tem um apelo limitado para o público de massa.

As três principais operadoras da China têm buscado aumentar sua linha de produtos e se diferenciar umas das outras, depois de uma esperada reestruturação da indústria e da emissão de licenças para vender celulares de terceira geração (3G) ao longo do último ano.

Além das negociações sobre o BlackBerry, boatos frequentes na mídia também dizem que tanto a China Mobile quanto a Unicom estariam em discussões com a Apple em diversos momentos para levar o iPhone para a China.

(Reportagem de Doug Young e Joanne Chiu)