Centenários mostram que nunca é tarde demais para o Twitter

segunda-feira, 29 de junho de 2009 14:51 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Celebridades e adultos antenados não são as únicas pessoas que estão aderindo ao site de redes sociais Twitter. Até mesmo centenários aprenderam a mandar tweets.

Três por cento dos centenários dos Estados Unidos entrevistados para uma pesquisa disseram usar pelo menos uma vez por semana o serviço que permite que os usuários enviem mensagens curtas, ou tweets, de até 140 caracteres, para manter contato com seus amigos e famílias.

Outros 10 por cento se mantêm conectados por email, 12 por cento enviam fotos pela Internet e quatro por cento baixam música da Web.

"Eles estão usando novas tecnologias, e se mantêm atualizados com as notícias e acontecimentos, além de participar de redes sociais --e tudo isso ajuda a prevenir doenças crônicas e contribui para uma maior longevidade", afirmou o Dr. Mark Leenay, diretor médico sênior e vice-presidente de assuntos clínicos do Evercare, em comunicado.

Os resultados da pesquisa entre 100 centenários, encomendada pelo Evercare, um dos maiores programas nacionais de coordenação de cuidados de saúde, desafiam alguns dos estereótipos sobre a velhice.

O apego pelo descanso na cadeira de balanço é coisa do passado. Metade dos entrevistados mantém a forma caminhando, oito por cento praticam ciclismo e três por cento correm. Um por cento dos entrevistados afirma ter experimentado o Wii Fit.

Mais de um quarto dos entrevistados disseram conversar no celular pelo menos uma vez por semana.

Para manter as mentes ágeis, 19 por cento deles tocam um instrumento musical ou recorrem a videogames musicais para entretenimento ou exercício mental.

Quase 65 por cento deles jantariam com o comediante Bill Cosby, se pudessem escolher uma celebridade como companhia para um jantar.   Continuação...