Chefões da mídia mundial discutem futuro em conferência nos EUA

quarta-feira, 8 de julho de 2009 16:34 BRT
 

SUN VALLEY, Estados Unidos (Reuters) - Os convidados à conferência sobre mídia deste ano em Sun Valley, nos Estados Unidos, estão com muitas dúvidas sobre tecnologia e Internet, cujas respostas podem determinar sua sobrevivência.

O presidente-executivo da Walt Disney, Robert Iger, minimizou perguntas de repórteres sobre como a companhia pode planejar uma estratégia sustentável para levar seus programas televisivos e de entretenimento à Web.

"As pessoas vão pagar por conteúdo", disse Iger, antes de entrar em um utilitário esportivo, no primeiro dia do evento promovido pelo banco de investimentos Allen & Co. "Não estamos preocupados com isso."

Iger é apenas um dos 250 executivos dos setores de mídia e tecnologia, gestores de recursos, personalidades esportivas e outros nomes influentes que reúnem-se nesta semana para a 27a conferência de mídia e tecnologia de Sun Valley.

A conferência envolve debates durante a manhã e os executivos poderão passear pelas instalações do evento e possivelmente discutir grandes acordos ou aquisições. Essas conversas de bastidores deram a Sun Valley a fama de "acampamento de férias" do mundo da mídia.

Uma questão que a Walt Disney enfrenta, junto com outros conglomerados desde Viacom até Time Warner e a News Corp, é como desenvolver uma forma de levar seus programas à Internet onde mais pessoas irão querer vê-los.

O desafio é fazer isso de uma forma que não esvazie os valiosos acordos de publicidade com TVs e outros meios e que também não desgaste os lucrativos relacionamentos que as empresas têm com as operadoras de TV a cabo e outros distribuidores de conteúdo.

(Por Robert MacMillan, com reportagem adicional de Alexei Oreskovic)

 
<p>Outras personalidades no encontro em Sun Valley incluem o ex-CEO da Disney Michael Eisner (&agrave; esquerda) e o presidente da News Corp Rupert Murdoch. REUTERS/Rick Wilking</p>