UBS eleva preço-alvo de Net e recomenda compra das ações

quinta-feira, 9 de julho de 2009 10:41 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O UBS elevou nesta quinta-feira o preço-alvo para as ações da Net para 27 reais e voltou a recomendar a compra dos papéis da empresa de TV por assinatura, diante da expectativa de que a companhia continue a obter receita com o ponto-extra.

A ação da Net terminou a quarta-feira valendo 20,52 reais, em alta de 5,02 por cento no último pregão.

Em abril, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou o fim da cobrança do ponto-extra na TV por assinatura. Segundo a área técnica da agência, porém, o regulamento trata apenas do fornecimento do decodificador, mas não menciona a possibilidade de as empresas alugarem o aparelho.

"Coincidentemente ou não, a Net começou a cobrar um aluguel mensal de 19,90 reais para o decodificador usado no ponto-extra de TV na última segunda-feira. A empresa também começou a oferecer aos clientes um seguro ao custo de 5 reais para fins de manutenção", segundo o UBS.

As estimativas anteriores do UBS para o desempenho da Net não consideravam receita com o ponto-extra. Ao incorporá-la, a previsão do UBS para a receita da Net em 2009, 2010 e 2011 aumentou, respectivamente, em 2, 4 e 4 por cento. A projeção para o Ebitda também aumentou, bem como para o lucro líquido neste ano e nos próximos dois.