Sony Ericsson perde mercado e prevê segundo semestre difícil

quinta-feira, 16 de julho de 2009 11:10 BRT
 

Por Anna Ringstrom e Helena Soderpalm

ESTOCOLMO (Reuters) - A fabricante de celulares Sony Ericsson está se preparando para um segundo semestre difícil em 2009, depois de perder mercado no segundo trimestre porque seus produtos de preços médio estão se tornando menos atraentes para uma base de consumidores em declínio.

O setor de celulares este ano está enfrentando a pior queda de sua história e a Sony Ericsson antecipa uma contração de pelo menos 10 por cento no mercado mundial.

A empresa vem perdendo mercado rapidamente nos últimos trimestres, com uma linha de produtos concentrada em celulares fotográficos e musicais, produtos de preço médio que estão sofrendo mais com a queda da demanda do que os modelos mais básicos ou os aparelhos de alta tecnologia como o iPhone.

Primeira das grandes fabricantes mundiais de celulares a anunciar seus resultados para o segundo trimestre, a Sony Ericsson publicou na quinta-feira um prejuízo anterior a impostos de 283 milhões de euros (398,6 milhões de dólares), o que acompanhou as expectativas do mercado e inclui 1 milhão de euros em provisões para reestruturação.

A projeção média dos analistas, em uma pesquisa Reuters, era de que a Sony Ericsson, quinta maior fabricante mundial de celulares, teria prejuízo de 284 milhões de euros, depois de uma provisão para reestruturação da ordem de 62 milhões de euros.

A Sony Ericsson informou que cortes de custos e um mix de produtos melhor contribuíram para reduzir o prejuízo, ante os 358 milhões de euros do trimestre precedente.

"Tal como esperado, o segundo trimestre foi um desafio e continuamos a acreditar que o restante do ano será difícil para a Sony Ericsson", disse Dick Komiyama, presidente da companhia.

"Nosso foco continua a ser o de reconduzir a empresa aos lucros e ao crescimento o mais rápido que pudermos. Nosso desempenho está começando a melhorar, devido às medidas de redução de custos que adotamos", acrescentou.

 
<p>Sony Ericsson C903 Cyber-shot &eacute; exibido em feira de telecomunica&ccedil;&otilde;es em Barcelona. A fabricante de celulares est&aacute; se preparando para um segundo semestre dif&iacute;cil em 2009, depois de perder mercado no segundo trimestre porque seus produtos de pre&ccedil;os m&eacute;dio est&atilde;o se tornando menos atraentes para uma base de consumidores em decl&iacute;nio.</p>