Nokia corta previsão de lucro e ações despencam 15%

quinta-feira, 16 de julho de 2009 13:22 BRT
 

Por Tarmo Virki

HELSINQUE (Reuters) - A maior fabricante de celulares do mundo, Nokia, reduziu suas previsões de lucro e participação de mercado citando cenário de intensa competição. O anúncio fazia as ações da companhia desabarem quase 15 por cento.

A Nokia, cujos rivais incluem Samsung, RIM e Apple, agora espera para o segundo semestre margem de lucro operacional na unidade de celulares no nível do registrado no primeiro semestre, a 11,3 por cento. Analistas esperavam 17,4 por cento, em média.

A Nokia também reduziu sua expectativa de fatia de mercado em 2009, prevendo agora o mesmo nível do registrado no ano passado. Anteriormente a empresa apostava em ganho de participação.

Analistas informaram que uma acentuada queda no preço médio de venda dos aparelhos da Nokia e o corte nas expectativas implica em uma competição de preços cada vez mais agressiva.

"Os fabricantes de celulares estão sendo realmente agressivos", afirmou Carolina Milanesi, analista da empresa de pesquisa de mercado Gartner. "Muitas empresas não estão podendo bancar isso: Sony Ericsson, Motorola e em alguma extensão a LG."

A Sony Ericsson, quinta maior fabricante de celulares do mundo, divulgou mais cedo grande prejuízo trimestral.

A Nokia está enfrentando intensa competição no segmento de modelos mais sofisticados, e mais caros, gerada pelo iPhone da Apple e o BlackBerry da RIM.