Vendas de videogames nos EUA registram maior queda desde 2000

sexta-feira, 17 de julho de 2009 10:55 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - As vendas de equipamentos e software de videogame nos Estados Unidos caíram 31 por cento, para 1,17 bilhão de dólares, em junho, informou o grupo de pesquisa NPD na quinta-feira, o que representa a maior queda desde 2000.

As vendas de software de videogame caíram 29 por cento, para 625,8 milhões de dólares, enquanto as de hardware caíram 38 por cento, para 382,6 milhões de dólares. As vendas de acessórios caíram 22 por cento.

Michael Pachter, analista da Wedbush Morgan, culpou o alto custo dos consoles de videogame como parte das razões da queda.

"O consumidor simplesmente não quer comprar hardware a esses preços... É evidente que os consumidores estão à espera de cortes de preços", disse Pachter, que espera que as vendas do setor se recuperem em setembro com o lançamento de novos títulos de destaque.

As vendas gerais de videogames caíram 12 por cento até agora este ano, de acordo com o NPD.

O Wii, da Nintendo, continuou a ser o console mais vendido em junho, com 362 mil unidades, ainda que as vendas tenham sido 45 por cento inferiores às do mesmo mês no ano passado. O Wii vem liderando as vendas de consoles nos Estados Unidos há 21 meses consecutivos, de acordo com a Nintendo.

Anita Frazier, analista da NPD, disse que a economia está claramente prejudicando o setor de videogames, no passado considerado como relativamente protegido contra a crise.

"Este foi um dos primeiros meses, creio, em que o impacto da economia se refletiu claramente nos números", afirmou Frazier em declaração.

"A dimensão do declínio também pode apontar para um adiamento do consumo não essencial até que surja um evento importante (um corte de preços no hardware, a chegada de um título obrigatório) que os force a gastar", afirma o comunicado.

O Xbox 360, da Microsoft, ficou em segundo entre os consoles no mês --e registrou o único aumento de vendas com relação ao período em 2008--, seguido pelo PlayStation 3 e PlayStation 2, da Sony.

(Reportagem de Gabriel Madway)

 
<p>Cliente compra "Grand Theft Auto IV" em loja da GameStop em Nova York. As vendas de equipamentos e software de videogame nos Estados Unidos ca&iacute;ram 31 por cento, para 1,17 bilh&atilde;o de d&oacute;lares, em junho, informou o grupo de pesquisa NPD na quinta-feira, o que representa a maior queda desde 2000.</p>