ooVoo vai enfrentar Skype e Cisco em videoconferências

segunda-feira, 20 de julho de 2009 12:07 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A iniciante ooVoo tem a esperança de enfrentar toda espécie de concorrentes, da Skype à Cisco Systems, com um novo sistema de videoconferências para pequenas empresas.

Embora o Skype seja muito mais conhecido, a ooVoo vem discretamente acumulando 7,5 milhões de usuários registrados, nos últimos anos, com um serviço que permite chats em vídeo envolvendo até seis pessoas, bem como mais seis participantes por telefone.

Agora, a empresa em desenvolvimento está acrescentando ao pacote uma opção de compartilhamento de tela que permitirá que colegas de trabalho troquem imagens das telas de seus computadores, o que possibilitaria colaboração remota. A empresa também oferece uma opção de bloqueio de publicidade para os usuários empresariais que pagarem uma taxa mensal de assinatura.

"Nós apanhamos aquilo que tínhamos no mercado ao consumidor e unimos esse aspecto a um plano de negócios", disse Philippe Schwartz, presidente-executivo da ooVoo, que anunciou que cerca de 20 por cento dos atuais usuários da empresa usavam seus serviços para negócios antes mesmo que ela criasse um plano empresarial.

O desenvolvimento pela Cisco de um sistema de teleconferência que a empresa define como "telepresença", empregando telões e imagens de alta definição, despertou interesse renovado pela comunicação em vídeo, nos últimos anos. Mas esses sistemas custam milhares de dólares e chegam em um período no qual as empresas estão tentando reduzir custos.

Anos atrás, a Cisco adquiriu a WebEx, uma empresa cujos sistemas permitiam que as pessoas compartilhassem documentos e colaborassem online.

Schwartz espera dobrar a base de clientes da ooVoo este ano e elevar o número de usuários empresariais para até 40 por cento do total de clientes, com base nos esforços das empresas para cortar custos devido às dificuldades econômicas.

"Estamos vendo as pessoas recorrerem mais ao vídeo devido à economia e à necessidade de reduzir as viagens", disse Schwartz.

O serviço da ooVoo para empresas custa 39,95 dólares por pessoa/mês ou menos, a depender do número de usuários em cada empresa, na versão sem publicidade. O serviço ao consumidor tem preços que variam de zero a 17,95 dólares mensais para a versão que permite conversas entre até seis usuários. As chamadas de telefonia de voz são cobradas à parte.