Base de celulares sobe 1,34% em junho ante maio, para 159,6 mi

segunda-feira, 20 de julho de 2009 16:36 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A base de celulares no Brasil cresceu 1,34 por cento ante maio, com adição de cerca de 2,1 milhões de usuários, para 159,6 milhões, informou nesta segunda-feira a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). A expansão em 12 meses foi de quase 20 por cento.

A Vivo, controlada por Telefónica e Portugal Telecom permaneceu na liderança, com participação de 29,33 por cento do mercado no final de junho, abaixo dos 29,38 por cento em maio.

A Claro, da mexicana América Móvil, aparece na segunda posição, com market share de 25,36 por cento em junho, ante 25,51 por cento no mês anterior.

A TIM, da Telecom Italia, tem 23,71 por cento, acima dos 23,59 por cento do mês anterior.

Outra que ganhou fatia foi a Oi (com Brasil Telecom), que detinha em junho 21,22 por cento, versus 21,14 por cento em maio.

De cada 100 brasileiros, 83,47 tinham um celular no final do primeiro semestre, um crescimento de 1,25 por cento em relação a maio, quando o indicador estava em 82,44 celulares para cada 100 pessoas.

Quase nove em cada 10 celulares no país possuem a tecnologia GSM, segundo a Anatel. Outros 6,24 por cento operam por meio do CDMA.