Yahoo sofre queda na receita de publicidade, ações caem

terça-feira, 21 de julho de 2009 20:03 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - A receita de publicidade do Yahoo registrou queda e a empresa de Internet projetou um recuo na receita com operações no trimestre atual, o que levou suas ações a caírem mais de 2 por cento.

A receita do segundo trimestre despencou 13 por cento, para 1,57 bilhões de dólares, ante o mesmo período em 2008, uma vez que os anunciantes mantiveram seus gastos limitados.

Excluindo os custos de aquisição em curso --a parte da receita que é dividida com os parceiros do Yahoo--, a empresa teve receita líquida de 1,14 bilhão de dólares, em linha com a expectativa média de analistas, segundo a Reuters Estimates.

A receita da empresa com publicidade baseada em pesquisas na Internet caiu em 15 por cento em relação ao mesmo período em 2008, enquanto a receita para publicidade em destaque caiu 14 por cento.

"Estamos passando por um momento difícil em todos os setores na publicidade, incluindo o de Internet", disse o analista da RBC Capital Markets Ross Sandler. "Eles estão sendo afetados desproporcionalmente devido a uma super exposição à publicidade de maior destaque, que é uma área em que eles têm sido especialmente fracos".

A receita do Yahoo ficou dentro de suas expectativas, mas "um pouco menos" do que Wall Street esperava, acrescentou Sandler.

O Yahoo projetou que a renda com operações no trimestre atual ficará na faixa de 55 milhões de dólares e 65 milhões, representando uma queda em relação aos 76 milhões de dólares do segundo trimestre.

A empresa projetou ainda um fluxo de caixa operacional de entre 330 milhões de dólares e 370 milhões de dólares, em comparação com a previsão média de analistas de 413,5 milhões de dólares, de acordo com a Reuters Estimates.

"Parece que a orientação é um pouco pequena para o terceiro trimestre", disse o analista da Brigantine Advisors Colin Gillis. "Mas ela (a presidente-executiva do Yahoo, Carol Bartz) provavelmente está se movendo para o jogo de 'guiar e superar'".   Continuação...