Ericsson vence leilão de ativos celulares da Nortel

sábado, 25 de julho de 2009 12:09 BRT
 

TORONTO, 25 de julho (Reuters) - A Ericsson venceu leilão dos ativos celulares da Nortel Networks, em um acordo avaliado em 1,13 bilhão de dólares, informou a companhia canadense em concordata, neste sábado.

A venda proposta significa que a Ericsson vai deter as importantes tecnologias CDMA e de rede sem fio de próxima geração LTE da Nortel, que pediu proteção contra falência em janeiro.

A Nortel informou que a Ericsson continuará oferecendo emprego a um mínimo de 2.500 funcionários da empresa. A informação da empresa não esclareceu quantos funcionários trabalham nas operações que concordou em vender e um porta-voz não estava imediatamente disponível para comentar o assunto.

A fabricante canadense de celulares Research In Motion tinha interesse em participar do leilão, mas afirmou que a Nortel a impediu, apesar de proposta de 1,1 bilhão de dólares.

Segundo a Nortel, a RIM se recusou a estabelecer acordos de confidencialidade que outros interessados no leilão aceitaram.

A Nortel, que já foi a maior fabricante norte-americana de equipamentos para telecomunicações pediu concordata no início deste ano após sofrer impacto da crise econômica, que prejudicou os esforços da empresa iniciados em 2005 para recuperar sua operação.

A companhia canadense emprega cerca de 25 mil pessoas, bem abaixo do pico de 90 mil, quando a empresa estava em seu auge, no início da década.

A empresa parece mais propensa agora a se vender em partes em vez de buscar uma reestruturação judicial que a ajudaria a deixar o processo de proteção contra credores como um grupo de menor escala.

A oferta vencedora da Ericsson está sujeita à aprovação conjunta por tribunais de falência dos Estados Unidos e Canadá, que devem avaliar o assunto em 28 de julho.