Palm e Apple brigam quanto a iTunes e Pre

segunda-feira, 27 de julho de 2009 10:22 BRT
 

Por Gabriel Madway

SAN FRANCISCO, Estados Unidos, 27 de julho (Reuters) - A Palm disparou outra salva contra a Apple em sua guerra dos celulares inteligentes, em uma disputa entre as duas rivais para determinar se o serviço de música iTunes deveria ser compatível com o novo celular inteligente Palm Pre.

A Palm, cujos executivos incluem antigos líderes da Apple, lançou uma atualização de software na semana passada que permitiu que seus aparelhos voltem a ser sincronizados com o software de administração de mídia iTunes, da Apple.

A decisão surgiu depois que a Apple, na semana passada, lançou uma atualização de software para fechar uma brecha no iTunes que permitia sincronização com o Pre. A Apple afirma que iTunes foi projetado para trabalhar com os produtos iPod e iPhone.

A Palm anunciou a atualização de software em mensagem que imitava uma das frases características de Steve Jobs, "Ah, e mais uma coisa", usada muitas vezes pelo presidente-executivo da Apple para anunciar um novo produto.

"Ah, e mais uma coisa: O Palm webOS 1.1 volta a permitir a sincronização de mídia dos aparelhos Palm. É isso mesmo -você uma vez mais ganha acesso livre à sua música, fotos e vídeos na versão atual do iTunes (8.2.1)", anunciou a Palm em mensagem publicada em seu blog.

Não ficou claro, se a Apple lançará uma nova correção de software para bloquear a ação da Palm. Quando convidado a comentar, um porta-voz da Apple declarou que "como já dissemos antes, versões mais novas do software Apple iTunes podem não mais oferecer sincronização com players digitais de mídia incompatíveis".

A Palm lançou o Pre em junho, atraindo críticas positivas, e seu objetivo é conquistar uma fatia no mercado de celulares inteligentes com telas sensíveis a toques. Antes do lançamento, a Palm havia alardeado que o Pre "propicia sincronização direta com a iTunes".

Mike Abramsky, analista da RBC Capital markets, estima que a Palm tenha vendido entre 325 mil e 375 mil Pres, até o momento, bem acima das expectativas. Em comparação, a Apple vendeu mais de 1 milhão de unidades do iPhone 3GS nos três primeiros dias do aparelho no mercado.