Lucro da Verizon cai e operadora anuncia 8 mil demissões

segunda-feira, 27 de julho de 2009 17:31 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A Verizon Communications anunciou lucro trimestral menor nesta segunda-feira e informou que vai cortar 8 mil empregos em sua divisão de telefonia fixa. Os negócios foram afetados por fraqueza nos segmentos de serviços a consumidores e empresas que ofuscaram os ganhos gerados por crescimento na área celular.

A empresa informou que vai acelerar cortes de custos na divisão de telefonia fixa e as reduções de postos representam 3,4 por cento da força de trabalho de 235 mil funcionários. No ano passado a companhia cortou 8 mil trabalhadores.

"Claramente, o cenário econômico mais amplo está afetando os negócios", afirmou o vice-presidente financeiro, John Killian, a analistas. Ele citou adiamento de grandes projetos de telecomunicações de clientes empresariais, bem como cortes de empregos em companhias, o que reduz o uso de telecomunicações.

O lucro da companhia caiu para 3,16 bilhões de dólares, ou 0,52 dólar por ação, contra 3,4 bilhões de dólares, ou 0,66 dólar por ação, no mesmo período do ano anterior.

Já a receita da Verizon subiu para 26,86 bilhões de dólares, contra 24,1 bilhões de dólares anteriormente e estimativa média de analistas de 26,846 bilhões de dólares, segundo a Reuters Estimates.

Na sexta-feira, a Verizon, maior operadora celular dos Estados Unidos, afirmou que ganhou 1,1 milhão de assinantes no trimestre. Maior rival da companhia, a AT&T informou na semana passada que adicionou 1,4 milhão de novos clientes.

As ações da Verizon operavam estáveis a 31,50 dólares no pregão eletrônico de Nova York.

(Reportagem de Sinead Carew)