EBay deve priorizar principais vendedores para reanimar varejo

segunda-feira, 27 de julho de 2009 18:40 BRT
 

Por Alexandria Sage

SAN FRANCISCO (Reuters) - O eBay irá cortar em 20 por cento as taxas pagas pelos maiores vendedores, além de colocar seus classificados no topo da lista de pesquisas, como parte de uma medida para estimular seu setor de mercado, há tempos estagnado.

O gigante da Web tenta reanimar seu crescimento na principal unidade de varejo, que conecta vendedores e compradores tanto em leilões quanto vendas a preço fixo. Sua mais nova medida, anunciada nesta segunda-feira, tem como objetivo recompensar os vendedores com a melhor reputação, que trazem compradores ao site e oferecem um bom serviço ao consumidor.

O eBay, que tem sede em San Jose, na Califórnia, também afirmou que iria conceder a cerca de 150 mil de seus melhores vendedores o selo de "Top-Rated Seller", que pode ser pesquisado por compradores no site ao escolherem negociar com os vendedores de melhor reputação.

Para se qualificar para o programa, que será lançado nos Estados Unidos, no Reino Unido e na Alemanha em outubro, devem fazer 100 transações por ano e registrar um volume de vendas anual de pelo menos 3 mil dólares.

Estes vendedores devem ter ainda uma nota de avaliação de pelo menos 4,6 de 5 --a nota inclui critérios como se o produto é descrito corretamente pelo vendedor, o tempo de entrega e o preço.

"Aumentamos o nível de (exigência de) qualidade, mas diminuímos as exigências sobre volume", disse o porta-voz do eBay Usher Lieberman.

"Com uma exigência menor sobre o volume, podemos incluir muito mais vendedores pequenos".

Cerca de 57 por cento dos 150 mil usuários que deverão ganhar o selo de melhores vendedores não se qualificaram da primeira vez devido às exigências de volume de vendas, segundo Lieberman.

O eBay vem tentando melhorar seu sistema de feedback, em que compradores avaliam o serviço ao consumidor do vendedor com o qual fizeram uma transação.

No entanto, alguns vendedores reclamam que o sistema é injusto e beneficia os compradores, que têm o poder de dar um nota baixa mesmo quando não-merecida, o que pode afetar vendas futuras.