Microsoft e Yahoo juntam-se contra Google em parceria de 10 anos

quarta-feira, 29 de julho de 2009 14:13 BRT
 

Por Alexei Oreskovic e Bill Rigby

SAN FRANCISCO/SEATTLE, 29 de julho (Reuters) - A Microsoft e o Yahoo firmaram um acordo de 10 anos na área de buscas online para melhor competirem contra o líder de mercado Google, mas a parceria para antes de uma combinação mais ampla dos negócios com publicidade na Web de ambas as empresas.

As ações do Yahoo ruíam mais de 11 por cento nesta tarde, com alguns investidores se mostrando decepcionados pela amplitude limitada do acordo, que não inclui pagamentos diretos ao Yahoo como alguns esperavam. Já os papéis da Microsoft exibiam ligeira queda de 0,4 por cento, enquanto o Google perdia 1 por cento.

"Para aqueles que aguardavam ansiosos por uma tomada de controle, o acordo de hoje foi bastante decepcionante", disse Marc Pado, estrategista de mercado norte-americano da Cantor Fitzgerald & Co. "O acordo de 10 anos, não é algo ruim. Mas não é tão bom quanto investidores esperavam."

O acordo coroa uma novela longa e algumas vezes complicada entre as duas empresas, cujas conversas foram interrompidas algumas vezes depois que o Yahoo rejeitou oferta da Microsoft para compra da empresa por 47,5 bilhões de dólares, no ano passado.

Sob a parceria, o novo sistema de buscas online da Microsoft, Bing, será adotado pelos sites do Yahoo. Enquanto isso, a equipe do Yahoo será responsável por vendas de anúncios premium para ambas as empresas exibidos de acordo com os termos de pesquisas digitadas pelos usuários.

A tecnologia AdCenter da Microsoft servirá de padrão de links patrocinados que aparecem junto com os resultados de buscas.

A presidente-executiva do Yahoo, Carol Bartz, afirmou que um acordo de compartilhamento de receitas com a Microsoft é mais valioso para o Yahoo que um pagamento único.

"Receber um grande pagamento direto realmente não nos ajuda de um ponto de vista operacional", afirmou Bartz em teleconferência com o presidente-executivo da Microsoft, Steve Ballmer.   Continuação...