Lucro da Telefónica sobe com força na América Latina

quinta-feira, 30 de julho de 2009 13:13 BRT
 

MADRI, 30 de julho (Reuters) - A Telefónica anunciou nesta quinta-feira alta de 0,7 por cento no lucro do primeiro semestre, para 3,62 bilhões de euros (5,12 bilhões de dólares), superando expectativas de analistas. O resultado foi impulsionado por bom desempenho nas operações latino-americanas e cortes de custos.

Enquanto rivais reduziram a meta de lucro para este ano, a companhia reiterou projeção anual, na qual prevê um aumento de 1 a 3 por cento lucro operacional antes de depreciação e amortização.

As operações na América Latina novamente foram o motor do grupo, com a penetração de celulares ainda crescendo e parcialmente compensando o impacto da recessão nos negócios europeus.

As receitas vieram como esperado, caindo 2 por cento, para 27,59 bilhões de euros, enquanto o lucro operacional antes de depreciação a amortização recuou 1,7 por cento, para 10,94 bilhões de euros, conforme a Telefónica cortou custos em 4,5 por cento.

Segundo uma pesquisa da Reuters com nove analistas, a companhia, em média, deveria apresentar receita de 27,60 bilhões de euros, lucro operacional antes de depreciação e amortização de 10,78 bilhões de euros e lucro líquido de 3,55 bilhões de euros.

A meta da Telefónica para 2010 é de lucro por ação de 2,30 euros, embora alguns analistas tenham se mostrado céticos sobre a capacidade da companhia para alcançar tal desempenho.

Na quinta-feira, a Telefônica no Brasil anunciou queda de 12 por cento no lucro do segundo trimestre, para 545,2 milhões de reais.

 
<p>Barco Telef&oacute;nica Blue durante corrida Volvo Ocean Race em Kanholmsfjarden. A Telef&oacute;nica anunciou nesta quinta-feira alta de 0,7 por cento no lucro do primeiro semestre, para 3,62 bilh&otilde;es de euros (5,12 bilh&otilde;es de d&oacute;lares), superando expectativas de analistas. O resultado foi impulsionado por bom desempenho nas opera&ccedil;&otilde;es latino-americanas e cortes de custos.</p>