30 de Julho de 2009 / às 13:37 / 8 anos atrás

Motorola tem lucro com venda acima do esperado e corte de custos

<p>A Motorola anunciou nesta quinta-feira lucro no segundo trimestre, ap&oacute;s ter registrado preju&iacute;zo no mesmo per&iacute;odo do ano passado. O balan&ccedil;o foi impulsionado por corte de despesas e vendas acima do esperado. A not&iacute;cia elevava as a&ccedil;&otilde;es da companhia em 7,6 por cento no preg&atilde;o eletr&ocirc;nico.</p>

Por Sinead Carew

NOVA YORK, 30 de julho (Reuters) - A Motorola anunciou nesta quinta-feira lucro no segundo trimestre, após ter registrado prejuízo no mesmo período do ano passado. O balanço foi impulsionado por corte de despesas e vendas acima do esperado. A notícia elevava as ações da companhia em 7,6 por cento no pregão eletrônico.

A Motorola, que fica atrás das rivais Nokia e Samsung Electronics, despachou 14,8 milhões de celulares no trimestre, quantia inferior frente aos 28 milhões de unidades vendidas um ano antes, mas acima das estimativa média de 14,1 milhões obtida junto a cinco analistas consultados pela Reuters.

"Parece ter sido um trimestre razoável", disse Morgan Keegan, analista da Tavis McCourt. Para ele, as vendas de aparelhos da Motorola foram ajudadas pelo crescimentos da base de assinantes na unidade Boost Mobile, da Sprint Nextel, que oferece um plano ilimitado de ligações.

A companhia, que tem perdido participação de mercado para as concorrentes nos últimos anos, está eliminando linhas de celulares pouco lucrativos e está apostando sua recuperação nos smartphones que utilizam o sistema Android, do Google.

A Motorola elevou meta de redução de custos em 2009 para 1,8 bilhão de dólares, contra 1,7 bilhão de dólares anteriormente, e cortou 8 mil empregos na primeira metade do ano.

Sanjay Jha, co-presidente-executivo e diretor de negócios de celulares, afirmou que a companhia tem acordos em vigência com operadoras e está prestes a trazer novos aparelhos ao mercado para a temporada de compras de fim de ano.

"Todos os investidores querem que a Motorola neste ano comece a gerar um pouco de caixa, mostre que a receita está se estabilizando e inicie a fabricação de bons produtos", afirmou o analista Morgan Keegan, da McCourt.

A Motorola divulgou um lucro de 26 milhões de dólares, ou 0,01 dólar por ação, ante prejuízo de 231 milhões de dólares, ou 0,10 dólar por ação, no mesmo período um ano antes.

Sem considerar eventos não recorrentes, a companhia teria registrado um prejuízo de 0,01 dólar por ação, contra previsão média de analistas de perda de 0,04 dólar por ação, segundo a Reuters Estimates.

A receita da Motorola afundou 32 por cento, para 5,5 bilhões de dólares, ante expectativa média de 5,6 bilhões de dólares, ainda de acordo com a Reuters Estimates.

A companhia informou que sua posição de capital cresceu 360 milhões de dólares, para 6,5 bilhões de dólares no segundo trimestre.

Em comparação, investidores se mostravam preocupados em abril, quando a Motorola informou que sua liquidez recuou 1,3 bilhão de dólares, para 6,1 bilhões de dólares de janeiro a março.

Para o terceiro trimestre, a companhia estabeleceu uma meta que varia de prejuízo de 0,01 dólar por ação, a partir de operações contínuas, a lucro de 0,01 dólar por ação, sem considerar quaisquer encargos relacionados a medidas de redução de custos ou outros itens extraordinários.

McCourt afirmou que a projeção está em linha com típicas tendências sazonais do período.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below