Setor de videogames busca voltar forte no segundo semestre

quinta-feira, 30 de julho de 2009 18:25 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - Com a indústria de videogames, que já foi muito forte, atolada na retração, os investidores esperam que títulos famosos e possíveis cortes nos preços de consoles no segundo semestre ajudem a gerar uma retomada nas vendas.

Grandes fabricantes de games como a Activision Blizzard e a Electronic Arts irão divulgar seus resultados trimestrais na próxima semana, seguindo um volume desanimador de vendas em junho nos Estados Unidos, que registrou a maior queda desde 2000.

Mas o calendário de lançamentos para 2009 ganha peso com títulos famosos marcados para sair na segunda metade do ano, segundo analistas, em comparação com os fortes lançamentos do primeiro semestre de 2008. Isso tem proporcionado comparações entre períodos no ano especialmente ruins.

O resto do ano nos trará as mais novas versões de franquias como "Left 4 Dead", "Assassin's Creed", "Call of Duty" e "Halo", que darão às vendas o impulso que precisam.

"Há alguns títulos importantes que vão sair", disse o analista da Janco Partners Mike Hickey. Mas ele também observou que a queda nos preços dos consoles serão importantes para o sucesso da indústria no próximo semestre.

"A faísca tem que vir dos cortes de preço na parte de hardware para conseguir que a base instalado respire de novo. Uma vez que isso acontecer, os softwares seguirão".

O Wii, da Nintendo, custa 250 dólares e é atualmente o console mais vendido nos EUA, seguindo do Xbox 360, da Microsoft e do PlayStation 3 da Sony. A versão mais barata do Xbox custa 200 dólares, e do PS3, 400 dólares, o que pressiona a Sony a diminuir seus preços.

(Reportagem de Gabriel Madway)