Positivo tem lucro líquido 82% menor no 2o tri

sexta-feira, 14 de agosto de 2009 13:40 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Positivo Informática, maior fabricante de computadores do país, divulgou nesta sexta-feira lucro líquido ajustado de 12,2 milhões de reais de abril a junho deste ano, tombo de 82,2 por cento em relação ao mesmo período de 2008.

Mas na comparação com o primeiro trimestre, a empresa teve uma alta de 49,2 por cento no lucro, impulsionado por um resultado financeiro positivo.

A companhia fechou o semestre com lucro líquido de 20,7 milhões de reais, queda de 82,1 por cento sobre igual período de 2008.

A receita trimestral líquida recuou 2,7 por cento, para 516,3 milhões de reais. Contudo, houve crescimento de 1 por cento nos seis primeiros meses do ano, totalizando 923 milhões de reais.

O Ebitda, sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, atingiu 37,7 milhões de reais de abril a junho, contra 65,2 milhões um ano antes.

As vendas de computadores alcançaram volume recorde no segundo trimestre, com alta de 2,1 por cento na comparação anual, para 442,5 mil.

Segundo a Positivo, o desempenho reflete ganhos de participação de mercado no segundo trimestre de 2009, com "a captura do espaço deixado por pequenos fabricantes" em meio à crise econômica mundial.

O segmento de notebooks saltou 42,5 por cento de abril a junho, somando 180,3 mil unidades, o equivalente a 40,7 por cento do total de computadores comercializados no período. Na primeira metade do ano, o volume de vendas de notebooks disparou 51,9 por cento, para 288 mil, contra 189,6 mil no mesmo período um ano antes.

A companhia informou ainda que prevê um "retorno gradual da rentabilidade aos patamares normalizados, conforme já pode ser notado no segundo trimestre".

(Por Gabriela Mello)