Fotógrafo processa Apple por infração de direito autoral

quinta-feira, 20 de agosto de 2009 14:58 BRT
 

NOVA YORK, 20 de agosto (Reuters) - Um fotógrafo norte-americano está processando a Apple por infração de direito autoral. O artista afirma que a companhia usou uma foto dele de maneira indevida no serviço de aplicativos do iPhone.

Em uma ação judicial apresentada nesta quinta-feira junto a um tribunal federal de Manhattan, o fotógrafo Louis Psihoyos argumenta que a Apple está usando sua imagem "1000 TVs" no aplicativo de guia de filmes "i.TV", do iPhone.

Psihoyos acusa a companhia de infringir os direitos autorais da imagem produzida em 2005. Ele está buscando ressarcimento de danos entre outras exigências que juntos poderiam "razoavelmente" exceder os 2 milhões de dólares, segundo a queixa.

A porta-voz da Apple, Kristin Huguet, não retornou imediatamente contato com pedido de comentário.

 
<p>m fot&oacute;grafo norte-americano est&aacute; processando a Apple por infra&ccedil;&atilde;o de direito autoral. O artista afirma que a companhia usou uma foto dele de maneira indevida no servi&ccedil;o de aplicativos do iPhone.</p>