Companhias de mapeamento digital se juntam contra TomTom e Nokia

sexta-feira, 21 de agosto de 2009 10:48 BRT
 

Por Harro ten Wolde

AMSTERDÃ (Reuters) - Três companhias de mapeamento digital pretendem formam uma parceria para desafiar a Tele Atlas, da TomTom, e a Navteq, da Nokia, afirmou Maarten Oldenhof, presidente-executivo da holandesa AND.

A parceria da AND com uma companhia chinesa e outra japonesa deve ser concluída dentro de dois anos, disse Oldenhof à Reuters em uma entrevista após retornar da China, onde aconteceram as negociações.

"A meta final deve ser construir uma companhia global de mapeamento", afirmou Oldenhof. Ele se recusou a identificar as outras companhias, mas informou que eram grandes participantes do setor.

A AND, que tem capitalização de mercado de cerca de 27 milhões de euros (38,4 milhões de dólares), frente a 1,8 bilhão de euros da TomTom, é uma das poucas mapeadoras digitais independentes que restaram.

A TomTom comprou a Tele Atlas por 2,9 bilhões de euros, enquanto a Nokia pagou 5,3 bilhões pela Navteq no ano passado.

Se a parceria significará o final da AND como companhia de capital aberto ainda não é certo, explicou Oldenho.

"No momento, estamos de olho em como a AND pode se beneficiar na atual forma. Se isso pode levar a AND a se tornar o veículo ou não, é algo sobre o qual não posso dizer nada por enquanto".

O analista da SNS Securities Martijn den Drijver espera que o impacto de tal parceria sobre a Navteq e a Tele Atlas seja limitado.

"Os clientes provavelmente continuarão com a Navteq e a Tele Atlas por causa da qualidade, consistência e inovação, mas podem usar a parceria para obter preços mais baixos. Isso, contudo, se aplica somente ao mercado de Internet e smartphones", explicou ele.

 
<p>Aparelho de navega&ccedil;&atilde;o por GPS da TomTom. Tr&ecirc;s companhias de mapeamento digital pretendem formam uma parceria para desafiar a Tele Atlas, da TomTom, e a Navteq, da Nokia, afirmou Maarten Oldenhof, presidente-executivo da holandesa AND.</p>