Nokia aposta em Linux na batalha contra o iPhone

quarta-feira, 26 de agosto de 2009 09:29 BRT
 

Por Tarmo Virki

HELSINKI, 26 de agosto (Reuters) - A Nokia vai voltar a enfrentar o iPhone fazendo uma aposta no sistema operacional Linux, afirmaram várias fontes setoriais à Reuters.

A Nokia, maior fabricante mundial de celulares, demonstrará seu primeiro aparelho acionado pelo Maemo, uma versão do Linux, na semana que vem, como parte do evento anual Nokia World, em Stuttgart, Alemanha, disseram as fontes.

Mas analistas afirmaram que é provável que não seja possível determinar antes do ano que vem se a Nokia será capaz de atingir seus objetivos.

O grupo finlandês vem conduzindo experiências com o Linux desde 2005, e o utiliza em seus "Internet tablets" --aparelhos portáteis semelhantes a celulares dedicados ao acesso à Web. Mas essa categoria não conseguiu conquistar o mercado de massa em parte devido à sua falta de capacidade como celulares.

"Parece que o Maemo, ou pelo menos alguma forma derivativa do Linux, desempenhará papel importante entre os produtos de topo de linha da Nokia no próximo ano ou dois", disse Neil Mawston, da Strategy Analytics.

O sistema operacional Symbian, da Nokia, aciona metade dos aparelhos vendidos no mercado de celulares inteligentes, um volume superior ao total somado de seus rivais Apple, Research in Motion e Google.

Mas os analistas afirmam que produtos baseados no Linux podem oferecer importantes vantagens.

"O Maemo é claramente mais flexível que o Symbian, de modo que serve como melhor opção para aparelhos avançados que usam diversas tecnologias de tela e software de interface com o usuário em rápida evolução", disse o analista Tero Kuittinen, da MKM Partners.

Um porta-voz da Nokia disse que a empresa não comenta sobre futuros lançamentos de celulares.

Os produtos de topo de linha são importantes para a Nokia não só porque a empresa perdeu mercado nesse segmento como porque seus preços médios de venda caíram mais rápido que a média do setor.

 
<p>A Nokia, maior fabricante mundial de celulares, demonstrar&aacute; seu primeiro aparelho acionado pelo Maemo, uma vers&atilde;o do Linux, na semana que vem, como parte do evento anual Nokia World, em Stuttgart, Alemanha, disseram as fontes.</p>