27 de Agosto de 2009 / às 17:17 / 8 anos atrás

Facebook reforça salvaguardas após negociações com Canadá

Por Wojtek Dabrowski

TORONTO (Reuters) - O Facebook aceitou na quinta-feira oferecer mais proteção às informações pessoais de seus usuários em todo o mundo, como resultado de negociações com o comissário de defesa da privacidade do Canadá.

As mudanças oferecerão aos usuários do site de redes sociais mais transparência e controle sobre a informação que oferecem a programadores de aplicativos como jogos e testes, anunciou Jennifer Stoddart, a comissária de defesa da privacidade.

O Facebook também deixará claro que os usuários têm o direito de apagar suas contas, e não apenas desativá-las, se não desejam que suas informações sejam mantidas indefinidamente. E as informações sobre não usuários serão mais bem protegidas.

"Essas mudanças significam que a privacidade dos 200 milhões de usuários do Facebook, no Canadá e em todo o mundo, será muito mais protegida", afirmou Stoddart em comunicado.

Ela havia decidido em julho que o Facebook apresentava sérias lacunas que representavam violação das leis canadenses de privacidade. A empresa concordou rapidamente em saná-las de maneira a atender às preocupações da ministra, e também as aplicará a assinantes e a programadores externos de todo o mundo.

"Estamos falando de uma mudança mundial", disse Stoddart a jornalistas. "Estamos satisfeitos que, com essas mudanças, o Facebook está a caminho de atender os requerimentos das leis canadenses de privacidade", disse ela, apontando que o site tem prazo de um ano para realizar as mudanças.

O Canadá é o primeiro país a concluir uma investigação completa das práticas de defesa da privacidade do Facebook. Stoddart disse que as autoridades regulatórias da Europa e da Austrália também começaram a estudar questões relacionadas a redes sociais.

O resultado da investigação canadense pode influenciar as práticas de outros sites de redes sociais, como o MySpace. Stoddart disse o site já havia procurado seu gabinete para discutir sua abordagem.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below