Alemanha investiga pesquisa de boca-de-urna divulgada no Twitter

segunda-feira, 31 de agosto de 2009 15:10 BRT
 

Por Sarah Marsh

BERLIM, 31 de agosto (Reuters) - Autoridades eleitorais da Alemanha afirmaram nesta segunda-feira que estão investigando se dados de uma pesquisa de boca-de-urna foram publicados no Twitter antes do fechamento das urnas no domingo, e pode haver um recurso contra o resultado da eleição caso leis tenham sido violadas.

"Atualmente, estamos investigando os fatos do caso", disse Uwe Korzen-Kruegero, vice-chefe da comissão eleitoral do estado de Saxônia.

Houve eleições estaduais em três Estados alemães no domingo, na corrida para as eleições federais de 27 de setembro, em Saxônia, Sarre e Turíngia. O partido conservador da chanceler Angela Merkel parecia ter assegurado a manutenção do poder na Saxônia, mas pode ter perdido a liderança nos outros dois Estados.

Korzen-Krueger afirmou que os resultados preliminares --que podem ou não se basear em dados de boca-de-urna-- apareceram no site de rede social Twitter cerca de uma hora antes do fechamento das urnas, às 18 horas e podem ter influenciado os resultados da votação.

"Um recurso contra a eleição seria possível", disse à Reuters.

Os dados de boca-de-urna, geralmente coletados por institutos de pesquisa privados, são frequentemente entregues a líderes partidários algumas horas antes do fechamento das urnas.

Autoridades da comissão eleitoral estão preocupados que os resultados das eleições federais de 27 de setembro também possam estar ameaçados caso os resultados de pesquisas sejam publicados antes do fechamento das urnas.