Incêndio florestal na Califórnia ameaça torres de comunicação

segunda-feira, 31 de agosto de 2009 18:18 BRT
 

Por Steve Gorman

LOS ANGELES (Reuters) - O incêndio florestal que se alastra pela seca região montanhosa ao norte de Los Angeles, na Califórnia, pelo sexto dia seguido, dobrou de tamanho no início desta segunda-feira e agora ameaça a região de Monte Wilson, um importante centro de transmissão e telecomunicações e local onde fica um observatório histórico.

Dois bombeiros veteranos morreram no domingo após terem sido engolidos pelas chamas na Floresta Nacional de Angeles e nas montanhas de San Gabriel. Quase 2.600 bombeiros, alguns vindos de estados distantes como Montana e Wyoming, se uniram para combater o fogo.

A área queimada aumentou para quase 86 mil acres (35 mil hectares) dos 42 acres registrados no domingo, e o fogo continua ameaçando invadir o Monte Wilson, de 1.740 metros de altura.

Bombeiros foram retirados do pico, onde ficam 50 prédios, além de um famoso complexo de telescópios e importantes torres de transmissão de televisão e rádio.

"Fizeram tudo o que podiam e se tornou inseguro para que ficassem lá quando o fogo chegar", disse o capitão do corpo de bombeiros da cidade de Los Angeles, Mark Whaling.