Deutsche Tel e France Telecom querem fundir operações britânica

terça-feira, 8 de setembro de 2009 14:56 BRT
 

BERLIM (Reuters) - Deutsche Telekom e France Telecom planejam fundir suas operações britânicas com telefones celulares em resposta ao incremento da competição. A fusão deve resultar na maior operadora móvel do Reino Unido.

As empresas informaram nesta terça-feira que planejam chegar a um acordo sobre a operação até o final de outubro e esperam ter aprovação regulatória em meados de 2010 para a combinação das marcas British T-Mobile e Orange. A união das empresas será novo desafio para as líderes O2 e Vodafone.

Analistas questionam se a previsão de sinergias apontada pelas empresas, de mais de 4 bilhões de euros (5,8 bilhões de dólares), é realista.

O mercado britânico tem cinco operadoras e há tempos tem buscado consolidação, mas as empresas têm se mostrado relutantes em sobre quem agirá primeiro, com receio de que as outras poderão se beneficiar enquanto um grupo se concentra em questões de integração.

As duas empresas informaram que pretendem manter as duas marcas durante os primeiros 18 meses de integração e então avaliar a estratégia apropriada.

"Se eles não cortarem uma das marcas, as sinergias vão ser 1 bilhão de euros menores do que eles disseram que serão", disse o analista Robin Bienestock, do Sanford Bernstein.

A Orange tem 22 por cento de participação no mercado britânico e a T-Mobile detém 15 por cento. Enquanto isso, a O2 (pare da espanhola Telefónica) tem fatia de 27 por cento, seguida pela Vodafone, com 25 por cento. Em quinto está a operadora 3 UK, com 8 por cento.

(Por Nicola Leske)