União Europeia discute acordo Microsoft-Yahoo informalmente

quarta-feira, 16 de setembro de 2009 17:25 BRT
 

Por Foo Yun Chee

BRUXELAS (Reuters) - Reguladores antitruste da União Europeia têm entrado em contato com a Microsoft e o Yahoo para discutir o acordo de buscas entre as duas companhias, disse uma fonte familiarizada com o assunto, afirmando que as conversas são mais para tomar conhecimento do acordo do que indicativas de preocupações concorrenciais.

"Há discussões informais ocorrendo continuamente entre a Comissão Europeia e Microsoft e Yahoo sobre sua parceria de buscas", disse a fonte na terça-feira, sem dar mais detalhes.

Não foi possível contatar a Microsoft ou a Comissão para comentarem o assunto. A Microsoft e o Yahoo fecharam um acordo de buscas na Internet com prazo de 10 anos em julho, visando competir com o líder do mercado, Google, que, em julho, teve uma participação de 67,5 por cento no mercado mundial de buscas, segundo a ComScore.

Ao unirem seu buscadores, Yahoo e Microsoft, que ficam em segundo e terceiro lugar no mercado, respectivamente, reteriam 30 por cento do mercado de buscas nos Estados Unidos, tornando seu público um alvo mais atraente para publicitários comprarem espaço para anúncios.

Na semana passada, as autoridades antitruste dos EUA pediram mais documentos das empresas, indicando a possibilidade de haver uma inspeção que poderia durar meses. Ambas as empresas já disseram que, caso haja uma investigação, esperam que ela não seja concluída pelo menos até o início de 2010.

(Reportagem adicional de Alexei Oreskovic em San Francisco)