BlackBerry atualizado pode melhorar perspectivas da RIM

quarta-feira, 23 de setembro de 2009 10:59 BRT
 

TORONTO, 23 de setembro (Reuters) - A Research in Motion deve anunciar na quinta-feira uma estimativa de forte lucro para o atual trimestre e divulgar uma atualização da linha de celulares inteligentes BlackBerry destinada a consumidores e empresas.

Com a atenuação da recessão, a empresa já está se beneficiando de crescimento revigorado no mercado de celulares capazes de navegar na Web e enviar emails, dizem analistas.

As melhoras devem ser reveladas na quinta-feira, quando a RIM divulgar resultados para os três meses até 29 de agosto. Os analistas antecipam, em média, uma alta de 16,3 por cento no lucro e de 41 por cento no faturamento da RIM em seu segundo trimestre fiscal, de acordo com a Reuters Estimates.

Ainda mais importante para os analistas é o fato de que a empresa deve anunciar projeção mais positiva para o trimestre atual, que se encerra no final de novembro.

O otimismo surge enquanto a companhia se prepara para expandir uma linha de celulares que oferece muito mais opções que qualquer de suas principais rivais, a Apple e a Palm, segundo os analistas.

"À medida que os consumidores e empresas se posicionam para ampliar seus gastos e sustentar a recuperação..., a RIM ocupa posição favorável para tirar vantagem disso, não importa qual seja o mercado", disse Carmi Levy, analista independente de tecnologia, sobre a mais conhecida companhia canadense de tecnologia.

As altas expectativas são refletidas pelo preço das ações da RIM. De julho para cá, elas estão em alta de mais de 18 por cento, porque os investidores antecipam uma recuperação nos negócios e gastos dos consumidores, o que estimulará o desempenho da companhia. O preço das ações dobrou, do começo do ano para cá.

Mike Abramsky, analista da RBC Dominion Securities, escreveu em nota aos clientes que prevê novos ganhos nas ações da RIM, graças aos novos modelos de celulares e à aceleração no mercado de celulares inteligentes. Ele recomenda as ações da companhia.

Em média, os analistas antecipam que a empresa lucre um dólar por ação, excluídos itens extraordinários, no segundo trimestre fiscal, ante 0,86 dólar por ação no mesmo período de 2008. O faturamento é estimado em 3,63 bilhões de dólares, ante 2,58 bilhões, de acordo com a Reuters Estimates.