25 de Setembro de 2009 / às 18:25 / 8 anos atrás

Isabella Rossellini quer ganhar dinheiro com cinema na Internet

Por Ilaria Polleschi

MILÃO (Reuters Life!) - A Internet é o futuro do cinema experimental, mas é hora de fazer a vídeo-arte online ser rentável, diz Isabella Rossellini.

A atriz italiana, que virou sensação na Internet com seus curta-metragens sobre a vida sexual de insetos e animais marinhos, disse que o público para trabalhos como esses vem crescendo, mas o financiamento continua a ser um problema.

"A Internet oferece novas maneiras de contar histórias, é um misto de cinema, fotografia e vídeo-arte. Mas ninguém financia esses filmes", disse Rossellini, 57 anos, em entrevista telefônica concedida à Reuters de Nova York.

Mundialmente conhecida como atriz e modelo, Rossellini atraiu milhões de internautas e usuários de telefones celulares com sua série "Green Porno" de curtas sobre o comportamento sexual de moscar, aranhas e baleias.

Ela escreveu, dirigiu e interpretou os clipes de um minuto para as telinhas de celulares, iPods e laptops.

"A Internet é uma faca de dois gumes", disse ela, falando em italiano. "Tem um potencial enorme de distribuição de conteúdo e criação de contatos. Há inúmeras vantagens. O problema é que o dinheiro é gasto com tecnologias, não com conteúdo."

Rossellini disse estar feliz por ter sido convidada a presidir o júri de um concurso lançado pela plataforma independente de Internet e celular Babelgum para procurar os melhores e mais ousados vídeo-artistas do mundo.

Nove vencedores terão seus vídeos exibidos na Times Square de Nova York em 17 de dezembro, e três também receberão prêmios em dinheiro no valor de 30 mil dólares.

Filha da atriz sueca Ingrid Bergman e do diretor italiano Roberto Rossellini, Isabella disse que se interessa por filmes experimentais há anos, mas agora está tentando encontrar maneiras de converter seu interesse em uma atividade rentável.

O sucesso do serviço musical iTunes, da Apple, recentemente motivou uma nova onda de discussões sobre se os internautas deveriam pagar por conteúdos online, incluindo notícias.

Rossellini, que criou sua série online com o apoio do ator e diretor Robert Redford, disse que uma maneira de financiar projetos seria cobrar um pequeno valor dos internautas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below